O uso de plantas nos rituais umbandistas é uma das técnicas mais utilizadas desde o começo da religião. Seja fresca ou seca, na aplicação de passes, atendimentos com os guias espirituais, utilizadas nos pontos riscados e oferendas, banhos, defumações e até em rituais mais elaborados como batismos, consagrações e amacis as plantas estão presentes.

Arruda, Manjericão, Guiné, Espada de São Jorge e tantas outras podem emprestar seus teores energéticos e místicos para promoverem as mais diversas influências nos trabalhos espirituais. É inegável a herança significativa dentro da Umbanda, que vem dos cultos de nação, dos indígenas, rituais magísticos seja por entidades na esquerda ou influência de entidades como ciganos e outras linhas, o importante é que em quase tudo que envolve ritual de Umbanda encontraremos o uso de ervas , flores ou plantas, secas ou frescas.

Profundos conhecedores da magistica das plantas, cada entidade trás em seus trabalhos informações sobre o uso e as relações de combinarmos as energias de ervas, plantas e flores com a força da fé do manipulador e a energia mística do regente no ritual, a fim de se atingir ou iniciar trabalhos com os objetivos mais diversos, emprego, abertura de caminhos, ganho financeiro, soluções judiciais, amor, saúde, etc.

As plantas são utilizadas na umbanda para equilibrar as emoções, sentimentos e para limpeza energética das pessoas e de ambientes por meio de banhos, amacis, defumações e sacudimentos.

Importante ressaltar que na Umbanda não incorporamos o Orixá, mas sim os seus enviados, falangeiros ou representantes, que são espíritos evoluídos que trabalham na manipulação ou no nível vibracional de cada uma dessas forças da natureza. A Umbanda, embora tenha origens em diversas raças e nações, torna-se simples à medida que o médium começa a estudar seus conhecimentos.

A partir deste texto vamos comoçar uma serie de matérias falando de todas as ervas e plantas envolvidas em algum tipo de ritual de umbanda, seja para preparo do fumo do preto velho, ou um banho de descarrego, iniciaremos falando individualmente de cada erva, flor ou planta.

Não se tratam de textos científicos, nem de receitas para automedicação, mas sim da divulgação de práticas centenárias e de uso popular, passadas durante muitas gerações.

Como sempre, gostaria que ficasse bem claro, estamos falando de arte mística e ciência trabalhando em conjunto. Não existem donos da verdade e qualquer informação ou contestação referente as matérias publicadas, com base em nossos estudos e pesquisas, todos tem a liberdade de passar seu ponto de vista através de nossos canais de contato.
Indicado para banho e para defumação com a função de limpar, consumir e energizar na força do Orixá...
São muitas as aplicações medicinais como, acalmar os nervos e levantar o ânimo, reduz gases intestinais e...
Alfazema erva morna está na regência de Iemanja, usada como um poderoso equilibrador na forma tradicional de...
As múltiplas propriedades medicinais e na Umbanda tratado como uma erva quente é um excelente protetor, na linha do Orixá Exu...
Lei Federal 12.546 proíbe o ato de fumar cigarrilhas, charutos, cachimbos...
Quem são estas entidades de luz com tanta paz e sabedoria?